SERÁ VERDADE QUE TODOS PODEM MUDAR PARA MELHOR?

Eu sempre parto do princípio que sim, que todos podem mudar para melhor.

Até hoje todos os meus clientes mudaram, para melhor, e quem mensurou os resultados foram as mesmas pessoas que disseram, em uma pesquisa inicial, em que os meus clientes deveriam mudar.

Estes clientes entenderam que precisavam mudar e ao mesmo tempo passaram a querer mudar, conscientes de que isso seria muito importante: para eles, para as pessoas ao seu redor, para suas empresas e para suas famílias.

Mas, apesar de todos poderem mudar para melhor, confesso que há 3 tipos de pessoas que acendem um sinal de “alerta” para mim.

Alerta Amarelo: pessoas que “aceitam que são como as demais pessoas as percebem, mas acreditam que não conseguirão mudar”, por qualquer razão, porque é trabalhoso, porque exige disciplina, porque requer humildade, porque receiam perder o “status” ou a “autoridade”, porque acreditam que se mudarem deixarão de ser espontâneos, etc. Nestes casos podem ocorrer reações do tipo “acho melhor eu deixar a empresa”. Já trabalhei com algumas pessoas, felizmente poucas, que manifestaram tais reações, mas com serenidade foi possível mostrar para elas que “fugir da empresa” significaria “carregar tais comportamentos para o novo emprego”. Todas elas se conscientizaram de que valeria a pena a mudança, e mudaram.

Alerta Laranja: embora em menor número, há algumas pessoas que “se recusam a aceitar que são como as demais pessoas as percebem” e preferem, por qualquer razão que seja, continuar acreditando que elas são como imaginam que são. Tais pessoas reagem “fingindo que estão levando o programa a sério”, ou, “ironizando as respostas dadas à pesquisa”. As pessoas com tal tipo de reação dão muito mais trabalho e existe um alto risco de que não mudarão, pois se tornaram escravas de seu ego. Felizmente tive apenas uma experiência com uma pessoa assim e ela me deu um bocado de trabalho. Foi preciso utilizar o tal “botão de pânico” que meu orientador Marshall Goldsmith costuma mencionar.

Alerta Vermelho: pessoas (ainda bem que são raras) que sabem que são como são, e deliberadamente permanecem do mesmo modo, orientadas por alguma ideologia ou crença, ou se tornaram escravas de seus temperamentos e de suas compulsões. Elas acreditam firmemente que seu modo de agir é o ideal e permanecerão assim, rejeitando qualquer sugestão de mudança. A reação esperada é “sou assim e quem não estiver contente comigo que saia”. Obviamente tal prerrogativa só poderia ser de exclusividade do “dono da empresa”, que estaria assinando sua opção por manter na empresa somente os mais fracos, os inseguros, os bajuladores, os não talentos. Uma clara opção pela mediocridade. Nesse caso é melhor rescindir o contrato, pois esse certamente não é um cliente válido.

Um forte abraço

wladimir.palermo@bestinclassgroup.com

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.