O GRANDE DESAFIO DAS EMPRESAS.

Wladimir R. Palermo

Obter alta performance das equipes! Esse continua sendo o grande desafio para todas as empresas.

É preciso formar e manter equipes que fazem mais e melhor simplesmente porque querem fazer, porque estão engajadas neste propósito.

Ocorre que “engajamento não é algo que vem de fábrica”. Não é possível contratar “pessoas engajadas”. Tecnologia, métodos e processos, apesar de importantes, não “engajam” as pessoas.

Engajamento é um sentimento, e como tal precisa ser estimulado nas pessoas pelos seus líderes, fazendo com que elas se sintam motivadas, inspiradas e confiantes.

No final de 2014 realizamos uma pesquisa nacional para identificar os padrões comportamentais dos gestores das empresas. Nosso foco foi na busca da identificação dos comportamentos que mais prejudicavam o engajamento das pessoas.

O resultado da pesquisa indicou que 60% das empresas pesquisadas possuem um ou mais líderes manifestando os seguintes comportamentos:

Não conseguem ouvir sem interromper. Não aceitam que outros possam ser, agir e pensar de forma diferente da deles. Têm dificuldade para confiar nos outros. São agressivos. Microgerenciam, tentando controlar tudo e todos. Não delegam. Não reconhecem os esforços das pessoas. Revelam superioridade e arrogância. São impulsivos, egoístas, orgulhosos. Querem vencer ou ter razão sempre, dificilmente admitindo que estão errados. Se autopromovem ostensivamente.

Enquanto isso as empresas investem predominantemente em componentes extrínsecos, esperando com isso obter o engajamento.

É claro que os fatores extrínsecos são importantes – plano de assistência médica, vale refeição, política de participação em resultados, mobiliário, lay out do ambiente, etc – mas, de que adianta tudo isso se o relacionamento superior-subordinado for marcado pela frequente manifestação dos comportamentos identificados na pesquisa?

wladimir@bestinclassgroup.com

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *