SÓ PERFORMANCE NÃO BASTA, É PRECISO IR MUITO ALÉM.

Wladimir Rodney Palermo

Todos os nossos clientes são Gestores de Alto Nível em suas empresas. Eles chegaram até esse estágio porque em sua trajetória profissional apresentaram performance.

Logo, performance não é um problema para eles.

Então o que queremos dizer com “Ir muito além da Performance?

Queremos dizer que, para se tornarem ainda mais bem-sucedidos, será preciso que todas as pessoas que esses gestores influenciam se sintam inspiradas, motivadas, engajadas, confiantes e, como consequência, apresentem também alta performance, fazendo mais e melhor simplesmente porque querem, porque sentem alegria ao fazer assim, porque o propósito da organização se transformou no propósito de cada uma delas.

Alta Performance precisa ser decorrente de um estado emocional que cabe a cada um dos líderes estimular permanentemente.

O foco exclusivo na obtenção de performance tem produzido enormes efeitos colaterais, o mais significativo deles o “stress” sem fim, tão presente na vida das pessoas nas empresas.

O foco exclusivo na obtenção da performance é a principal causa do surgimento de desequilíbrios comportamentais por parte dos gestores.

Como eles chegaram até onde chegaram porque sabem atuar com alta performance, eles reforçam tanto o que deu certo para eles que acabam lidando com os outros como se os outros fossem como eles, o que acaba naturalmente gerando algum desequilíbrio comportamental, e é exatamente aí que costumam residir as grandes oportunidades de mudança.

O foco exclusivo na performance, com a geração dos consequentes desequilíbrios por parte de alguns gestores, tem sido a principal causa da perda dos colaboradores mais talentosos.

Ir muito além da Performance traz implícita a necessidade de mudar permanentemente para se tornar cada vez melhor. A mudança é uma regra.

Dois bons exemplos de uso da mudança como regra para se tornarem cada vez melhores são dados pela Apple e pelo Google. Essas empresas mudam sempre para conseguirem sempre máxima performance, a ponto de conseguirem caminhar sempre na dianteira. Quando estão prestes a serem alcançadas já possuem uma versão aperfeiçoada delas mesmas.

Não adianta um Gestor saber atuar com alta performance.

É preciso que todos os Gestores atuem de forma Alinhada e Equilibrada para que a alta performance em toda a organização seja uma decorrência natural de comportamentos de liderança capazes de provocar impactos e percepções positivas desde o topo da pirâmide até sua base.

Focar na Performance, como um fim, é um voo de galinha.

Com o tempo cria-se um IMPOSTO que eleva o stress, provoca turnover, reduz a energia das pessoas no trabalho, abala a confiança, cria competição, provoca desgaste emocional, gera menos satisfação, leva à redução do grau de empatia e conduz ao desengajamento, reduzindo a performance, o lucro e o valor da empresa.

Ir muito além da Performance gera DIVIDENDOS ao elevar a confiança, promover o engajamento, manter as pessoas mais tempo na empresa, obter alta energia delas no trabalho, levar a um ambiente de cooperação, de maior produtividade, fortalecendo emocionalmente as pessoas, que terão mais satisfação, apresentarão maior grau de empatia e serão mais saudáveis, aumentando assim a performance, o lucro e o valor da empresa.

Wladimir R. Palermo é o autor do programa BEST IN CLASS®- FAR BEYOND PERFORMANCE, que tem sido conduzido de modo especialmente bem-sucedido junto a Presidentes, CEOs, Diretores e Gestores de alto nível em importantes organizações dos mais variados segmentos.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.